Turismo

img1-igreja

Igreja Matriz de São Marcos

A Igreja Matriz de São Marcos foi consagrada e entregue à comunidade solenemente em 28 de outubro de 1978. A edificação reúne os estilos barroco, imperial e moderno. É digno de nota o teto em gesso ricamente trabalhado, formando uma graciosa e inusitada simetria. Possui 1.800 m2 de área coberta e uma belíssima gruta dedicada à Nossa Senhora Aparecida, local que abriga a réplica da Padroeira do Brasil trazida do Santuário de Aparecida para abençoar os caminhoneiros do município e a população local, juntamente com o santo padroeiro São Marcos. Com traços modernos, a frente de seu tempo, a melhor imagem da Igreja Matriz é oferecida durante a anual Festa dos Motoristas, sempre na noite de 12 de outubro, Dia de Nossa Senhora Aparecida, quando ocorre a tradicional procissão luminosa e shows de fogos em frente à catedral.

Gótico francês na Zambeccari

A igreja de Santo Isidoro, na Linha Zambeccari, edificada em 1959, possui estilo gótico francês. O santo padroeiro é Santo Isidoro, protetor dos agricultores. O padre Pedro Rizzon (in memorian) trouxe a devoção a Nossa Senhora do Pedancino de sua primeira viagem a Itália em 1974, na cidade de Cismon Del Grappa, na província de Vicenza (cidade de origem da família Rizzon).

Refúgio espiritual nos Polidos

Ao conhecer as colônias da Capela de Santo Antônio dos Polidoro, diante da majestosa curva do Rio das Antas, em frente a uma das mais belíssimas paisagens formadas pelo vale, o visitante será tomado pela atmosfera mística do lugar onde está localizada a igreja de Santo Antônio. Construída em madeira, em 1925, a pequena e romântica capela possui estilo romano. Esta igreja vem substituir a primitiva, também em madeira, que havia sido abençoada em 17 de novembro de 1899. Por estar nas divisas dos municípios de Antônio Prado, Flores da Cunha e São Marcos, a igreja de Santo Antônio dos Polidoro assistiu a importantes acontecimentos, entre eles: em 1893, a passagem de maragatos e pica-paus na revolução; o acolhimento do bispo Dom João Becker, em 22 de outubro de 1918, quando este viajou de Antônio Prado para São Marcos; confrontos entre assisistas e borgistas, na Revolução de 1923, com grande número de mortos e feridos.

As igrejas de pedra

Entre as capelas construídas de pedra pelos imigrantes italianos e seus descendentes em São Marcos, destaque para a igreja de São Francisco Xavier, na Linha Riachuelo. Toda em pedra e em estilo gótico com rosácea vitrô, sua edificação teve início em 15 de janeiro de 1929, com au- torização de Dom João Becker. A igreja veio substituir a primitiva construída em madeira, esta abençoada em 15 de novembro de 1899. A capela de São Francisco Xavier possui majestoso campanário também em estilo gótico. O símbolo da religiosidade da cultura italiana pode ser admirado pelo visitante durante um passeio pelas colônias da Linha Riachuelo. O acesso é pela BR 116, sentido São Marcos a Vacaria. Conheça também as igrejas de pedra de Nossa Senhora de Caravaggio, na Linha Tuiuti, e de São Luiz, na Linha Humaitá.

Fonte: Revista Turística – Projeto Amores de São Marcos